Na sua opnião contabilidade é gasto ou investimento?
Ver Resultado

10 de dezembro de 2018
Exactly what are good typical sentences to make use of in every essay?
10 de dezembro de 2018
How should I framework my IB history essay?
10 de dezembro de 2018
10 de dezembro de 2018
Lies You’ve Been Told About Write My Essay Uk

Com economia aquecida, brasileiros devem pagar 10% a mais em impostos em 2011

Previsão do crescimento da arrecadação é da Receita Federal

A soma dos impostos pagos pelos brasileiros em 2011 deve crescer entre 9% e 10% em termos reais (ajustada pela inflação do período) na comparação com 2010. A informação é do Secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto.

- O crescimento da arrecadação de impostos foi mais acentuado no início do ano porque em janeiro houve antecipação significativa de tributos, atividade econômica forte e reflexos de dezembro e de 2010. A partir de abril teremos convergência e o crescimento anual deve ficar entre 9% e 10%.

O motivo do aumento dos impostos é o aquecimento da economia brasileira. Com a economia crescendo há mais empregos, mais renda, mais consumo e mais produção, e com isso todos pagam mais impostos, mesmo que não haja criação de novos tributos.

A Receita clomid usa licensed pharmacy. divulgou nesta quinta-feira (19) a arrecadação de impostos de abril. No mês os brasileiros pagaram valor recorde para abril, um total de R$ 85,15 bilhões: alta real de 12,1% em relação a abril do ano passado.

Em janeiro, a alta da arrecadação foi de 15,3%. Como a arrecadação de janeiro teve influência de 2010, a Receita estima que o crescimento da arrecadação de impostos será menos intenso ao longo do ano, fechando em 10% para o ano.

- Os meses de janeiro e abril são meses de picos de arrecadação. Em abril temos apuração trimestral do Imposto de Renda e a contribuição da Pessoa Jurídica e a primeira cota ou a cota única do Imposto de Renda da Pessoa Física, que são pagos em abril.

Fonte: http://noticias.r7.com/economia/noticias/com-economia-aquecida-brasileiros-devem-pagar-10-a-mais-em-impostos-em-2011-20110519.html