Na sua opnião contabilidade é gasto ou investimento?
Ver Resultado

13 de novembro de 2018
Empresários esperam aumentar investimentos e gerar mais empregos em 2019
13 de novembro de 2018
Virtual Data Room Software Hints
7 de novembro de 2018
Reforma Tributária pode ser votada ainda este ano
31 de outubro de 2018
Senado aprova regras para duplicatas eletrônicas em nova votação

Informalidade cresce na mesma proporção do PIB brasileiro

Volume de riqueza gerada sem pagar imposto chegou a R$ 663 bi em 2010

A economia informal cresceu na mesma proporção que a riqueza formal gerada no país nos últimos três anos, o PIB (Produto Interno Bruto), segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (28) pela Fundação Getúlio Vargas. O volume de riqueza gerada pela informalidade chega a R$ 663 bilhões, cerca de 19% do PIB nacional.

Os dados se referem aos resultados coletados em 2010 e mostram, pela primeira vez, uma estabilidade do indicador após cinco anos consecutivos de queda. O valor é superior à previsão de novembro de R$ 656 bilhões e se refere a todas as atividades relativas à produção de bens e serviços não reportada aos governos. Ou seja, tudo que não paga imposto.

Segundo Roberto Abdenur, presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, o indicador mostra que o crescimento acelerado da economia brasileira tem sido acompanhado pelo aumento no consumo dos produtos informais.

“A informalidade, além de suas relações com o crime organizado e de precarizar as relações de trabalho, traz prejuízos diretos para a sociedade, cria um ambiente de transgressão, e estimula o comportamento econômico oportunista, com queda na qualidade do investimento e redução do potencial de crescimento da economia brasileira. Além disso, provoca a redução de recursos governamentais destinados a programas sociais e a investimentos em infraestrutura”, informa o estudo.

Fonte: http://noticias.r7.com/economia/noticias/informalidade-cresce-na-mesma-proporcao-do-pib-brasileiro-20110628.html