Na sua opnião contabilidade é gasto ou investimento?
Ver Resultado

3 de novembro de 2015
Quanto vale a sua empresa?
3 de novembro de 2015
A armadilha do fundador
3 de novembro de 2015
Empreender exige planejamento
24 de março de 2015
Pare, olhe, escute

Informalidade cresce na mesma proporção do PIB brasileiro

Volume de riqueza gerada sem pagar imposto chegou a R$ 663 bi em 2010

A economia informal cresceu na mesma proporção que a riqueza formal gerada no país nos últimos três anos, o PIB (Produto Interno Bruto), segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (28) pela Fundação Getúlio Vargas. O volume de riqueza gerada pela informalidade chega a R$ 663 bilhões, cerca de 19% do PIB nacional.

Os dados se referem aos resultados coletados em 2010 e mostram, pela primeira vez, uma estabilidade do indicador após cinco anos consecutivos de queda. O valor é superior à previsão de novembro de R$ 656 bilhões e se refere a todas as atividades relativas à produção de bens e serviços não reportada aos governos. Ou seja, tudo que não paga imposto.

Segundo Roberto Abdenur, presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial, o indicador mostra que o crescimento acelerado da economia brasileira tem sido acompanhado pelo aumento no consumo dos produtos informais.

“A informalidade, além de suas relações com o crime organizado e de precarizar as relações de trabalho, traz prejuízos diretos para a sociedade, cria um ambiente de transgressão, e estimula o comportamento econômico oportunista, com queda na qualidade do investimento e redução do potencial de crescimento da economia brasileira. Além disso, provoca a redução de recursos governamentais destinados a programas sociais e a investimentos em infraestrutura”, informa o estudo.

Fonte: http://noticias.r7.com/economia/noticias/informalidade-cresce-na-mesma-proporcao-do-pib-brasileiro-20110628.html