Na sua opnião contabilidade é gasto ou investimento?
Ver Resultado

10 de outubro de 2018
e-Social: Empresas não optantes pelo Simples já podem enviar informações da 2ª fase
5 de outubro de 2018
Auditores da Receita pedem suspensão do Refis
2 de outubro de 2018
Receita Federal alerta empresas sobre exclusão do Simples Nacional
26 de setembro de 2018
eSocial arrocha fiscalização; confira prazos para informar situação do trabalhador e evite multas

Receita Federal alerta empresas sobre exclusão do Simples Nacional

A Receita Federal notificou 716.948 empresas brasileiras optantes pelo Simples Nacional cobrando débitos previdenciários e não previdenciários com a Secretaria da Receita Federal e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional.

Aqueles que receberam o comunicado têm um prazo de 30 dias para entrar em contato com a Receita e regularizar os tributos em atraso, que pode ser feita à vista, em parcelas ou por compensação.

Caso as empresas inadimplentes não se manifestem dentro desse período, serão excluídas do Simples Nacional, com efeitos a partir de 1º de janeiro de 2019. O comunicado pode ser conferido no Portal do Simples Nacional ou pelo Atendimento Virtual (e-Cac) da Receita Federal, informando o certificado digital da empresa ou o código de acesso.

É importante ressaltar que os tributos negociados no Pert não fazem parte dos débitos cobrados neste alerta.
Se todas as pendências forem regularizadas, o Governo arrecadará R$19,5 bi em tributos atrasados.

Se tem alguma dúvida sobre a quitação dos débitos da sua empresa, conte conosco!

Ligue: (32) 3215-6947

Ampla Contabilidade e Assessoria
A Assistência que sua empresa precisa

  • A Receita Federal notificou 716.948 empresas brasileiras optantes pelo Simples Nacional cobrando débitos previdenciários e não previdenciários com a Secretaria da Receita Federal e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional.
  • Aqueles que receberam o comunicado têm um prazo de 30 dias para entrar em contato com a Receita e negociar a quitação dos tributos em atraso, que pode ser feita à vista, em parcelas ou por compensação.
  • Caso as empresas inadimplentes não se manifestem dentro desse período, serão excluídas do SimplesNacional, com efeitos a partir de 1º de janeiro de 2019.
É importante ressaltar que os tributos negociados no Pert não fazem parte dos débitos cobrados neste alerta.
Caso todas as pendências sejam regularizadas, o Governo arrecadará R$19,5 bi em tributos atrasados.